Obras no serviço de patologia dos Hospitais de Coimbra não saem do papel há oito anos

Inspecção-Geral da Saúde diz que obras têm de arrancar com urgência num serviço com níveis de formol de 300 a 400% acima do recomendado. “A saúde dos trabalhadores não pode ser posta em causa”, sublinha.

Foto
IGAS pede ao CHUC que faça obras o quanto antes Paulo Pimenta

Há oito anos que o Serviço de Anatomia Patológica (SAP) do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está à espera de obras. Em causa estão as condições de trabalho e a exposição de profissionais de saúde a produtos tóxicos. Mas o projecto não sai do papel, anda para trás e para a frente em sucessivas revisões.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários