Ex-vice-ministro russo: “Putin está a tentar infligir o máximo de danos à Europa antes do Inverno”

Trabalhou para o Governo russo e hoje é um dos mais próximos assessores de Alexey Navalny, o principal rosto da oposição na Rússia. Vai estar nas Conferências do Estoril, em Setembro, e ao PÚBLICO assume que a tensão em torno da energia é uma estratégia para minar a união da UE sobre a guerra na Ucrânia.

Foto
Vladimir Milov trabalhou com Putin e agora é um dos rostos da oposição ao governo russo DR

Foi vice-ministro da Energia da Rússia, no início deste século, e hoje integra a equipa de Alexei Navalny, sendo um dos rostos da oposição ao regime de Putin. Vladimir Milov diz que Moscovo vai usar tanto o gás quanto o petróleo para tentar quebrar a forma unida com que a União Europeia olha para a guerra na Ucrânia. “​O que Putin está a fazer é tentar infligir o máximo de danos à Europa antes do Inverno, limitando a capacidade de armazenamento”, diz numa entrevista por Zoom ao PÚBLICO.

Sugerir correcção
Ler 26 comentários