Casas destruídas e uma conta de 250 mil euros. Moradores de prédio que explodiu em Alfama há cinco anos ainda esperam um desfecho

A 13 de Agosto de 2017, um prédio na Rua dos Remédios, em Lisboa, ficou totalmente inabitável na sequência de uma explosão. Cinco anos depois, os moradores continuam fora das suas casas e à espera do apuramento de responsabilidades. Há semanas, foram surpreendidos com uma factura de 250 mil euros para pagarem.

Foto
Os últimos andares do prédio desapareceram com a explosão Andreia Gomes Carvalho/Arquivo

A fachada do prédio de cinco andares do número 59 da Rua dos Remédios, no coração de Alfama, mantém-se de pé, mas para lá daquela parede está uma ruína e o desespero dos moradores que viram as suas casas completamente destruídas, no dia 13 de Agosto de 2017, num incêndio provocado por uma fuga de gás no subsolo.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários