Serviço Jesuíta queixa-se de Hospital Santa Maria por negligência médica no tratamento a refugiado

Administração do hospital “desmente liminarmente qualquer acusação de discriminação e diz que uma “primeira avaliação” deste caso “indica que as boas-práticas clínicas foram cumpridas”. Ibrahima morreu a 23 de Julho, em sequência de doença oncológica, oito meses depois de chegar a Portugal.

Foto
O Hospital de Santa Maria desmente todas acusações e diz que está a averiguar o sucedido Rui Gaudencio

Ibrahima chegou a Portugal a 4 de Novembro de 2021 depois de ter fugido da Guiné-Conacri, de ter deixado um meio-irmão para trás e de nunca mais ouvir falar dele, de atravessar o Mali e a Argélia, de ser preso na Líbia como tantos migrantes que tentam mudar de vida, de ali ser maltratado, de voltar a fugir e conseguir finalmente entrar num dos barcos que atravessam o Mediterrâneo.

Sugerir correcção
Ler 11 comentários