Mandado de busca do FBI indica que Trump pode ter violado Lei de Espionagem

Entre os documentos recuperados pelo FBI está um conjunto de material classificado com o nível mais elevado de secretismo. Juiz validou suspeitas de violação da Lei de Espionagem de 1917, que pune a retenção ilegal de documentos da Defesa que podem prejudicar a segurança nacional ou favorecer um adversário estrangeiro.

Foto
Donald Trump disse que autoriza a divulgação do mandado de busca Reuters/DAVID DEE DELGADO

Nas buscas realizadas na mansão de Donald Trump na Florida, na segunda-feira, os agentes do FBI recuperaram 26 caixas com material que o ex-Presidente dos EUA estaria obrigado, por lei, a enviar para os Arquivos Nacionais quando abandonou a Casa Branca, a 20 de Janeiro de 2021. Entre o material recuperado estão 11 conjuntos de documentos classificados como secretos ou confidenciais, incluindo alguns que só podiam ser consultados em instalações especiais do Governo norte-americano — e também um dossier sobre o Presidente francês, Emmanuel Macron.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários