No Lapedo pode haver um abrigo anterior à criança que ali foi sepultada há 29 mil anos

Campanha de escavação deste Verão voltou a recuperar uma “quantidade espectacular” de mandíbulas e de outros ossos de várias espécies de animais. Arqueólogos fizeram nova sondagem em profundidade e acreditam agora que, junto à sepultura descoberta em 1998, há uma entrada para um abrigo na rocha que será bem mais antigo.

#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, fotografias do local das escavações, fosso onde foi encontrado o menino do Lapedo, Leiria.  Público
Fotogaleria
Os arqueólogos Joan Daura (sentado) e Montserrat Sanz com um dos mais jovens membros da equipa junto à sondagem com mais de dois meros de profundidade feita este ano Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, fotografias do local das escavações, Leiria.  Público
Fotogaleria
Ana Costa (à esquerda) é geoarqueóloga, trabalha no Larq e integra a equipa de investigação que se ocupa do Abrigo do Lagar Velho Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, fotografias do local das escavações, Leiria.  Público
Fotogaleria
Joan Daura e Montserrat Sanz (de pé) observam os progressos feitos por duas arqueólogas Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, fotografias do local das escavações, Leiria.  Público
Fotogaleria
Ana Cristina Araújo a escavar uma área que tem já poucos vestígios de acção humana Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, fotografias do local das escavações, Leiria.  Público
Fotogaleria
O arqueólogo catalão Joan Daura a fazer um levantamento Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, fotografias do local das escavações, mandíbula de veado, Leiria.  Público
Fotogaleria
Uma mandíbula ainda enterrada Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, laboratório da equipa de arqueólogos situado numa escola primária que já não se encontra em funcionamento, no laboratório são catalogados, restaurados e conservados todos os ossos encontrados nas escavações, Leiria.  Público
Fotogaleria
Mandíbula saída da área escavada este Verão e já a ser tratada no laboratório de conservação e restauro Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, laboratório da equipa de arqueólogos situado numa escola primária que já não se encontra em funcionamento, no laboratório são catalogados, restaurados e conservados todos os ossos encontrados nas escavações, Leiria.  Público
Fotogaleria
Dois exemplares de omoplata de veado sobre uma das mesas do laboratório: à esquerda está o osso já limpo, à direita o que espera ainda a intervenção dos técnicos Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, laboratório da equipa de arqueólogos situado numa escola primária que já não se encontra em funcionamento, no laboratório são catalogados, restaurados e conservados todos os ossos encontrados nas escavações, Leiria.  Público
Fotogaleria
A equipa instalou o seu laboratório de conservação e restauro numa antga escola primária Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, laboratório da equipa de arqueólogos situado numa escola primária que já não se encontra em funcionamento, no laboratório são catalogados, restaurados e conservados todos os ossos encontrados nas escavações, Leiria.  Público
Fotogaleria
Uma jovem arqueóloga ocupa-se da limpeza de dos milhares de ossos recolhidos na escavação Nuno Alexandre
#NMA Nuno Alexandre – 4 de Agosto 2022 – Escações arqueológicas no vale do lapedo, localizado no Lagar Velho, laboratório da equipa de arqueólogos situado numa escola primária que já não se encontra em funcionamento, no laboratório são catalogados, restaurados e conservados todos os ossos encontrados nas escavações, Leiria.  Público
Fotogaleria
Chegados ao laboratório, os materiais são distribuídos por tabuleiros Nuno Alexandre

Sobre a mesa há mandíbulas de raposa, javali e veado, um casco de cavalo praticamente intacto e dois ossos que terão pertencido a um leopardo. “É raro encontrar vestígios de um grande felino numa escavação em Portugal. Às vezes aparecem de lince, mas não de um animal de grande porte como o dono destes ossos, que agora temos de estudar para lhe determinar a espécie”, diz Montserrat Sanz, arqueóloga catalã especializada em fauna, que trabalha com frequência em território nacional, em particular no Vale do Lapedo, uma garganta estreita com 1,5 quilómetros, ladeada de penhascos que podem chegar aos 100 metros de altura.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários