Fotogaleria

Buraco gigante no Chile aumentou: agora é largo o suficiente para “engolir” o Arco do Triunfo

Uma cratera no Chile que surgiu perto da mina Alcaparrosa, na cidade de Terra Amarilla, no final do mês de Julho, duplicou de tamanho e cresceu o suficiente para conseguir engolir o Arco do Triunfo francês. 

Uma cratera no Chile que surgiu perto da mina Alcaparrosa, na cidade de Terra Amarilla, duplicou de tamanho Reuters/STRINGER
Fotogaleria
Uma cratera no Chile que surgiu perto da mina Alcaparrosa, na cidade de Terra Amarilla, duplicou de tamanho Reuters/STRINGER

Estes buracos, chamados dolinas, podem surgir em qualquer contexto e resultam, de acordo com a National Geographic, de “erosão pela água de uma superfície rochosa”, debaixo de terra. Esta dolina, que surgiu a 30 de Julho, tem agora 50 metros de largura e 200 metros de profundidade. Em comparação, no seu interior caberiam, confortavelmente, seis estátuas do Cristo Redentor do Brasil empilhadas frente a frente.

Inicialmente, o buraco perto da cidade de Terra Amarilla media cerca de 25 metros de largura e tinha água no fundo. As autoridades locais manifestaram preocupação pelo facto de a mina Alcaparrosa poder ter inundado o subsolo, desestabilizando os terrenos circundantes. Seria "algo completamente fora do comum", disse o presidente da câmara de Terra Amarilla, Cristobal Zuniga.

Dado o alargamento desta dolina, os responsáveis da mina de cobre decidiram parar os trabalhos. Lundin Mining, a empresa canadiana que explora a mina, disse na semana passada que o buraco não afectava os trabalhadores ou os membros da comunidade e que estavam a trabalhar para determinar a causa. Esta semana não quiseram prestar, até ao momento, qualquer declaração.

Em Portugal, há registo de um incidente, em 2003, em Campolide, no qual um autocarro foi "engolido" por uma dolina de dez metros de profundidade.

O buraco gigante tem agora 50 metros de largura e 200 metros de profundidade
O buraco gigante tem agora 50 metros de largura e 200 metros de profundidade Reuters/STRINGER
Inicialmente, o buraco perto da cidade de Terra Amarilla media cerca de 25 metros de largura e tinha água no fundo
Inicialmente, o buraco perto da cidade de Terra Amarilla media cerca de 25 metros de largura e tinha água no fundo Reuters/STRINGER
As autoridades locais manifestaram preocupação pelo facto da mina Alcaparrosa poder ter inundado o subsolo, desestabilizando os terrenos circundantes
As autoridades locais manifestaram preocupação pelo facto da mina Alcaparrosa poder ter inundado o subsolo, desestabilizando os terrenos circundantes Reuters/STRINGER
No interior da dolina cabem seis estátuas do Cristo Redentor, no Brasil
No interior da dolina cabem seis estátuas do Cristo Redentor, no Brasil Reuters/STRINGER
Estes buracos, chamados dolinas, podem surgir em qualquer contexto
Estes buracos, chamados dolinas, podem surgir em qualquer contexto Reuters/STRINGER
As dolinas resultam, de acordo com a National Geographic, de “erosão pela água de uma superfície rochosa”, debaixo da terra
As dolinas resultam, de acordo com a National Geographic, de “erosão pela água de uma superfície rochosa”, debaixo da terra Reuters/STRINGER