Garibaldi arrependido

Por muito que se ame Itália, é impossível não temer pelo seu futuro. Até porque, de uma forma ou de outra, o que acontecer em Itália no dia 25 de Setembro vai acabar por nos afectar a todos.

Os meus pais nunca foram adeptos de viagens e, por isso, já tinha 18 anos na primeira vez em que viajei de avião. Foi uma viagem curta, até Madrid, e com o objectivo bastante prático de tratar de alguns documentos relacionados com a dupla nacionalidade. Talvez por ter sido uma viagem totalmente burocrática a uma cidade que já conhecia, a única coisa que me marcou foram as unhas da senhora que viajou ao meu lado e que teve a gentileza de me informar várias vezes que nos íamos despenhar, enquanto me espenicava o antebraço com absoluto terror.

Sugerir correcção
Ler 24 comentários