Quarenta anos de Mata-Ratos: na estrada com a banda que gosta que a odeiem

Reverenciada por uns, mal-amada por outros, a autoproclamada banda mais infame de Portugal celebra este ano quatro décadas de actividade. Forjados na aurora do punk suburbano nacional, os Mata-Ratos experimentaram a fama e a rejeição, mas teimam em não desaparecer. Seguimos a banda ao longo do país para descobrir porquê.

p2,punk,concertos,culturaipsilon,musica,
Fotogaleria
GUSTAVO LOPES PEREIRA
p2,punk,concertos,culturaipsilon,musica,
Fotogaleria
Mata-Ratos em concerto no LAV - Lisboa ao Vivo, Lisboa, Junho de 2022
Fotogaleria
Mata-Ratos em concerto no LAV - Lisboa ao Vivo, Lisboa, Junho de 2022? Gustavo Lopes Pereira

A sala está quente e a cerveja escorre para o chão. Na frente do palco, os copos não param de chegar. Algumas bebidas vêm directamente do bar, outras são oferecidas por elementos da audiência, que aproveitam para pedir músicas a gosto. Uma mistura de álcool e suor vai cobrindo o chão da sala de concertos da Associação Recreativa e Cultural de Músicos de Faro, numa noite amena de Fevereiro. Os Mata-Ratos completam 40 anos de actividade e este é o primeiro concerto de uma série de iniciativas comemorativas a realizar ano fora.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários