Governo mantém ajustes directos à boleia da covid, como no início da pandemia

Recomendações do Tribunal de Contas têm caído em saco roto. Especialistas em contratação pública dizem que normas excepcionais já deviam ter sido revogadas, a bem da transparência e do princípio da concorrência.

Foto
Estão em causa contratos, por exemplo, para a compra de equipamentos de protecção individual Paulo Pimenta

Mais de dois anos após o início da pandemia, o Governo mantém em vigor o regime excepcional de contratação pública que criou para acelerar a compra de material necessário ao combate à covid-19.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários