Associações dizem que Celpa plantou eucaliptos em vez de medronheiros em Pedrógão

Associações acusam Celpa, que garante não ter cometido qualquer ilegalidade. A comprovar-se que existiu, o erro será reparado. Até ao momento foram rearborizados cerca de 130 hectares de área ardida.

Foto
Estão a decorrer acções de plantação

No decorrer das visitas que a Associação Nacional de Conservação da Natureza Quercus e a Associação de Promoção ao Investimento Florestal – Acréscimo têm vindo a efectuar à região de Pedrógão Grande, na sequência do grande incêndio de 2017, depararam-se com uma situação que classificam como “evidente ilegalidade”: o programa “Replantar Pedrógão”, promovido pela Associação da Indústria Papeleira - Celpa, segundo as duas organizações não-governamentais (ONG) do ambiente, “foi adulterado na sua execução”.

Sugerir correcção
Ler 25 comentários