Artesãos e designers unem-se em São Miguel para “fazer viver” o artesanato dos Açores

De 14 a 23 de Julho, os artistas Iany Gayo, Lucrezia Papillo e Octavio Barrera trabalharam lado a lado com os artesãos Alcídio Andrade e Horácio Raposo, para aprender as técnicas do artesanato açoriano, sob a coordenação do designer Miguel Flor.

walktalk,impar,sao-miguel,artesanato,decoracao,design,
Fotogaleria
As peças finais criadas pelos designers e artesãos, com recurso a criptoméria e vimes Álvaro Miranda
walktalk,impar,sao-miguel,artesanato,decoracao,design,
Fotogaleria
Octavio Barrera e o artesão Alcídio Andrade Mariana Lopes
walktalk,impar,sao-miguel,artesanato,decoracao,design,
Fotogaleria
Iany Gayo, Miguel Flor e Lucrezia Papillo analisam o projecto da Macheia Mariana Lopes
walktalk,impar,sao-miguel,artesanato,decoracao,design,
Fotogaleria
O artesão Horácio Raposo com uma das peças da Macheia Mariana Lopes

Sentado no chão, Alcídio Andrade entrelaça os vimes usando as mãos e os pés com mestria. “Cresci no meio dos vimes”, conta. Seguiu as pisadas do pai, também ele cesteiro, e o artesanato é a sua profissão. Já Horácio Raposo só se começou a dedicar a estes ofícios, a esculpir peças em madeira, depois da reforma de serralheiro. Durante dez dias, os dois micaelenses ensinaram o artesanato dos Açores a três jovens designers em mais uma edição da RARA, a Residência de Artesanato da Região dos Açores, inserida na 11.ª edição do Walk&Talk.

Sugerir correcção
Comentar