Lesões de varíola-dos-macacos podem aparecer em menor número e sem pus

Um estudo espanhol aponta para a diferença das lesões encontradas nos pacientes infectados. Três meses depois do primeiro caso, são já 26 mil doentes confirmados a nível mundial.

Foto
As lesões apresentadas pelos infectados podem ser menores do que o habitual noutros surtos HARUN TULUNAY/REUTERS

Os principais sintomas do actual surto de varíola-dos-macacos não são totalmente iguais às lesões características que conhecíamos antes. O alerta é dado por um estudo em Espanha que aponta para o aparecimento de pessoas infectadas com pequenas pústulas e em menor número (podendo inclusive ser apenas uma).

Sugerir correcção
Comentar