Eleitores do Kansas decidem se querem proteger o direito ao aborto

Estado norte-americano vai a votos para aceitar ou recusar uma emenda que poderá levar à proibição do aborto, numa eleição vista como balão de ensaio para o resto do país.

Foto
Cartaz de uma organização de defesa do direito ao aborto a esclarecer a questão que vai ser colocada aos eleitores do Kansas Christopher Smith/The Washington Post

Num encontro recente entre defensores do direito ao aborto num gabinete situado num centro comercial em Overland Park, um subúrbio de Kansas City, um cartaz escrito à mão na parede resumia em duas linhas a confusão sobre a iminente questão eleitoral no estado: o voto “não” equivale a apoiar o direito ao aborto, “sim” significa votar contra o direito ao aborto.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários