O rock progressivo faz moche com os Black Midi

A mitologia do rock tratou de dividir em campos opostos o rock progressivo e o punk. Os Black Midi unem isso e muito mais no seu novo disco, Hellfire.

Foto
Atiba Jefferson

Existem muitas portas para se entrar em Hellfire. Aliás em cada uma das canções acontece isso, quanto mais no terceiro álbum dos londrinos Black Midi, uma avalanche de tópicos, subtemas, personagens, referências históricas e elementos de rock, jazz, punk, funk, pop, baladas de cabaret, electrónicas, tropicalismo, música clássica contemporânea e sabe-se lá que mais, num todo feito de absurdo, humor, caos e rigor.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários