Concorrência acusa SIBS de abuso de posição dominante no sector dos pagamentos

De acordo com a AdC, a actuação da gestora da rede Multibanco “é suscetível de ter resultado em efeitos restritivos da concorrência”, ao limitar a escolha de operadores alternativos. Queixas de novos operadores de pagamento contra a SIBS são antigas.

Foto
Miguel Manso

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusa a SIBS, sociedade gestora de pagamentos e responsável pela rede Multibanco, de posição dominante, nomeadamente “por uma prática de vendas ligadas, passível de restringir a concorrência e a inovação no sector dos serviços de pagamento”. Em 2021, um inquérito realizado pela AdC concluía que 74% das novas empresas de pagamentos, as chamadas FinTech, consideraram que existiam barreiras à entrada no mercado.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários