O que deve fazer o Estado com aquilo que está a ganhar com a inflação?

Aproveitar para cortar mais a dívida ou apoiar aqueles que mais sofrem com a inflação? Os economistas contactados pelo PÚBLICO lembram que o efeito positivo da subida de preços nas contas públicas deverá ser temporário e que, por isso, deve ser repartido por estas duas prioridades.

Foto
daniel rocha

Sugerir correcção
Ler 28 comentários