Abramovich visitou oito vezes os EUA no ano da eleição de Trump e lucra com ex-Presidente

Multimilionário naturalizado português e sua ex-mulher Darya Jukova privaram com filha e genro de Donald Trump antes e depois das eleições de 2016. Negócios na América envolvem medicamento anti-radiação nuclear. PÚBLICO consultou lista de viagens declaradas por Abramovich para processo de obtenção da nacionalidade portuguesa

Foto
Roman Abramovich adquiriu nacionalidade portuguesa em Abril de 2021 Mikhail Svetlov

Entre 14 de Outubro de 2015 e 3 de Outubro de 2018, Roman Abramovich entrou, pelo menos, 21 vezes nos EUA. A maioria destas viagens, oito, ocorreu em 2016, ano da eleição de Donald Trump para a presidência, como consta no processo de obtenção da nacionalidade portuguesa do multimilionário russo a que o PÚBLICO teve acesso. No histórico de deslocações declaradas pelo empresário, que integra o círculo privado do Presidente da Rússia, Vladimir Putin, incluem-se também 13 passagens por França, seis por Inglaterra, quatro por San Marino e uma pelas Ilhas Virgens Britânicas, Azerbaijão, Croácia e Turquia. Mas outras viagens que terão ocorrido neste período não constam da lista.

Sugerir correcção
Ler 10 comentários