Ameaça terrorista a partir do Afeganistão: é um regresso a 2001 ainda mais complexo

Relatório da ONU refere que Daesh e Al-Qaeda estão a reforçar a sua capacidade no Afeganistão. O projecto do “grande califado” volta a ganhar forma. Zawahiri, o líder da Al-Qaeda desde a morte de Bin Laden, está a viver no país.

Foto
O Daesh anda a recrutar homens a outros grupos oferecendo muito mais dinheiro JORGE SILVA/Reuters

O Daesh é visto como uma ameaça a curto e a médio prazo, enquanto a Al-Qaeda seria uma ameaça mais a longo prazo, mas qualquer destas organizações terroristas está a usar o Afeganistão como base de fortalecimento para aumentar a sua capacidade de recrutamento internacional e o seu nível de ameaça, diz um relatório das Nações Unidas.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários