Montemor, Loulé e Guimarães lançam programa de residências artísticas de longa duração

Projecto CASA destina-se às áreas do teatro e da dança com um apoio de 25 mil euros à criação. Candidaturas para 2023 abrem esta quinta-feira e encerram a 11 de Setembro.

Foto
ENRIC VIVES-RUBIO

O Espaço do Tempo, em Montemor-o-Novo, o Cineteatro Louletano, em Loulé, e o Centro Cultural Vila Flor (CCVF), em Guimarães, juntaram-se para montar o Projecto CASA, um novo programa de apoio à criação nas artes performativas que se materializa em duas residências artísticas anuais, cada uma com duração de dez semanas e uma verba de 25 mil euros, à qual os criadores podem somar outros apoios.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários