Para Shelly-Ann Fraser-Pryce, a idade é apenas um número

Velocista jamaicana conquistou o título mundial dos 100 metros pela quinta vez na carreira. Aos 35 anos, e mãe de um rapaz, promete continuar a competir até poder.

campeonato-mundo,modalidades,desporto,atletismo,jamaica,
Fotogaleria
EPA/JEAN-CHRISTOPHE BOTT
Fotogaleria
Reuters/KAI PFAFFENBACH
campeonato-mundo,modalidades,desporto,atletismo,jamaica,
Fotogaleria
EPA/John G. Mabanglo
campeonato-mundo,modalidades,desporto,atletismo,jamaica,
Fotogaleria
Reuters/ALEKSANDRA SZMIGIEL
campeonato-mundo,modalidades,desporto,atletismo,jamaica,
Fotogaleria
Reuters/ALEKSANDRA SZMIGIEL

No ano em que Melissa Jefferson, a mais jovem finalista da prova dos 100 metros nos Mundiais de atletismo de Eugene, entrou para a escola primária, já Shelly-Ann Fraser-Pryce conquistava medalhas em Campeonatos do Mundo. No caso, em 2007, em Osaka, foi a prata na estafeta de 4x100m. O ouro no hectómetro chegaria na edição seguinte, em Berlim, e desde então a sequência tem sido alucinante. Na última madrugada, esta veterana da Jamaica sagrou-se rainha da velocidade pela quinta vez na carreira. E com a melhor marca nestes palcos. Aos 35 anos.

Sugerir correcção
Comentar