Era evitável? A pergunta sobre o colapso da ponte Morandi começa a ter resposta

Julgamento com 59 arguidos e mais de 300 lesados começa esta quinta-feira e tem conclusão prevista para daqui a um ano. Peritos apontaram corrosão de estruturas e falta de manutenção como causas do desabamento em Agosto de 2018.

Foto
Uma secção de 210 metros da ponte colapsou às 11h50 de 14 de Agosto de 2018 EPA/LUCA ZENNARO

A ponte Morandi desapareceu da paisagem de Génova e no seu lugar está hoje um novo viaduto longo, branco e moderno, mas quatro anos depois o colapso que matou 43 pessoas mantém-se presente na memória da cidade. Aquele 14 de Agosto de 2018 será revivido intensamente a partir desta quinta-feira com o início do julgamento que procura responder à pergunta que se fez desde o primeiro dia: podia ter-se evitado?

Sugerir correcção
Ler 5 comentários