Em Almada, a Carris Metropolitana tem deixado muitos pelo caminho

Passageiros de Almada estão descontentes com novo serviço da Carris Metropolitana no concelho. Queixam-se sobretudo da supressão de carreiras em horário nocturno, ao fim-de-semana e na ligação a Lisboa, e da falta de informação disponibilizada. TML diz estar atenta e a resolver os problemas apontados pelos utentes.

Foto
O novo serviço tem tido um arranque acidentado Francisco Romão Pereira/Arquivo

Depois de um arranque aos solavancos em parte da Margem Sul no início de Junho, os novos autocarros da Carris Metropolitana começaram a circular em Almada, no Seixal e em Sesimbra há uma semana. Mas as críticas dos passageiros parecem tiradas a papel químico: falta de informação, muitas alterações na rede com supressão de carreiras, falta de horários para quem trabalha por turnos e fracas ligações a Lisboa, que têm deixado muitos nas paragens.

Sugerir correcção
Comentar