Após anulação do direito ao aborto, homens apressam-se a fazer vasectomias nos EUA

A reversão da decisão que garantia o direito ao aborto nos EUA está a preocupar os homens que não desejam ter filhos. Número de marcações para vasectomias já ultrapassa o do ano passado.

Foto
Reuters/SHELBY TAUBER

Thomas Figueroa sempre soube que não queria ter filhos. Tendo crescido na Florida central, lembra-se de colegas que engravidaram no secundário e passou os últimos anos a ponderar fazer uma vasectomia. Porém, depois da anulação de Roe vs Wade pelo Supremo Tribunal na sexta-feira, 24 de Junho, apressou-se para agendar uma: marcou a cirurgia para esta segunda-feira com Doug Stein, um urologista da Florida conhecido como o “Rei da Vasectomia” devido à forma como tem defendido o procedimento.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários