A vida nocturna nas cidades já é tema de debate nas Nações Unidas

Um presidente de câmara da noite? Paris já tem algo semelhante. A noite faz parte do pulsar da cidade mas também pode ser o seu AVC. E urge dar-lhe a importância que tem.

Foto
A noite esteve em debate no 11º Fórum das Nações Paulo Pimenta

A vida nocturna pode ser um factor de segurança das cidades, uma medida de inclusão de comunidades marginalizadas, um impulso para a coesão social. Palavras estranhas para os ouvidos de um português, habituado aos conflitos que a noite gera nos bairros das maiores cidades. São dados exemplos, outras cidades contam a sua experiência. E como deu certo. Estamos num fórum das Nações Unidas e, pela primeira vez, a noite subiu ao palco dos debates.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários