Lume, onde é feito o pão (e o bolo de arroz) de verdade

André Fontes e Rafaela Santos fazem aquilo a que chamam de “pão transparente”, que leveda numa quinta em Escariz, Arouca, onde cresce tudo e mais qualquer coisa. “Os produtos de padaria e de pastelaria convencional estão desvirtuados”, dizem.

#TBL - Rafaela Santos e Andre Fontes - Lume Bio - Arouca�
Fotogaleria
André Fontes e Rafaela Santos Tiago Lopes
#TBL - Lume Bio - Arouca�
Fotogaleria
Os bolos de arroz realmente feitos com farinha de arroz Tiago Lopes
#TBL - Lume Bio - Arouca�
Fotogaleria
Vitor Costa, a última aquisição da equipa Lume Tiago Lopes
#TBL - Lume Bio - Arouca�
Fotogaleria
Uma fornada de palmiers vegan Tiago Lopes
#TBL - Lume Bio - Arouca�
Fotogaleria
Tiago Lopes Está a crescer o milho da região

Bolos de arroz há muitos, seu guloso, mas poucos fazem jus ao nome que ostentam na faixa de papel — qual mr. bolo de arroz, qual quê — e muito provavelmente só um é que junta farinha 100% de arroz carolino (e por isso naturalmente sem glúten) cultivado no estuário do Sado, o único certificado em modo de produção biológica em Portugal, raspas de limão que cresce em Escariz, açúcar mascavado e duas “especiarias maravilhosas”, ingredientes que ajudam a “restituir ao bolo de arroz o verdadeiro sentido do seu nome”.

Sugerir correcção
Comentar