Das 30 mil ofertas de emprego no IEFP para refugiados ucranianos só 9623 são reais

Presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional disse a deputados que tinha sido feita uma análise depurada das ofertas. Dos 18 mil inscritos, já assinaram contratos de trabalho 4241 refugiados em áreas como turismo e restauração, tecnologia e comunicação.

Foto
A língua é um entrave à contratação de refugiados ucranianos Paulo Pimenta

Afinal, das 30 mil ofertas de emprego para refugiados ucranianos registadas e divulgadas no site do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) apenas 9623 são reais, afirmou na manhã desta quarta-feira a presidente, Adelaide Franco.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários