Moradores da Baixa do Porto revoltados com instalação artística que lhe rouba descanso nocturno

Câmara do Porto convidou arquitecto para fazer instalação artística em duas ruas e dois largos da zona da movida para promover o comércio. Moradores dizem-se esquecidos e desrespeitados mais uma vez. “O que era preciso era cuidarem das pessoas.”

Foto
A montagem da instalação começou a ser feita no domingo e acontece até quinta-feira, sempre entre as 20h30 e as 6h30 Nelson Garrido

É mais água a juntar a um copo que há muito transbordou. Os moradores da zona da movida estão revoltados com a instalação artística que está a ser montada entre a Rua da Picaria, o Largo de Mompilher, a Rua da Conceição e o Largo Alberto Pimentel, uma iniciativa camarária para promover o comércio. A montagem da instalação começou a ser feita no domingo e acontece até quinta-feira, sempre entre as 20h30 e as 6h30. Na noite passada, “ninguém dormiu”.

Sugerir correcção
Ler 15 comentários