Parlamento volta a debater se politécnicos passam a “universidade” e se podem atribuir doutoramentos

A iniciativa já tinha sido debatida na última legislatura, mas a dissolução do Parlamento levou o processo à estaca zero. A proposta não é consensual e exemplos internacionais mostram que tendência europeia ainda é manter distinções entre universidades e politécnicos.

Foto
A possibilidade de os politécnicos atribuírem grau de doutor já tinha sido aprovada em 2018, mas a lei nunca foi regulamentada oxana ianin

Esta quinta-feira voltará a ser discutida a possibilidade de os institutos politécnicos passarem a atribuir o grau de doutoramento e a chamaram-se “Universidades Politécnicas”. A Iniciativa Legislativa de Cidadãos (ILC) será debatida na generalidade em conjunto com as propostas do PCP e do BE. Os exemplos internacionais recolhidos pelos serviços da Assembleia da República (AR) mostram que não existe uma tendência à escala europeia e que há países que mantêm as distinções entre o ensino universitário e o politécnico.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários