O PS é o maior amigo da saúde privada em Portugal

Desde que António Costa tomou posse como primeiro-ministro em 2015, mais um milhão de portugueses adquiriu seguros de saúde.

Comecemos pelo mais básico dos básicos: a saúde pública em Portugal é gratuita para os utentes; a saúde privada é paga. Se isto vos parece uma lapalissada, a verdade é que poucos retiram consequências desse óbvio ululante: por que raio há hoje mais de três milhões de portugueses a pagar seguros de saúde (e mais 1,2 milhões com ADSE), quando o SNS é à borla? De um lado, um serviço gratuito. Do outro, um serviço pago, e bem pago – e três milhões de pessoas vão a correr para o pago.

Sugerir correcção
Ler 110 comentários