A Saúde tem um problema de visão

A incapacidade de o Estado antecipar necessidades e fazer planeamento estratégico revela-se na Saúde de forma paradigmática.

Neste fim-de-semana voltamos a ter urgências de obstetrícia e ginecologia fechadas. O Governo já apresentou um “plano de contingência”, prometeu mudanças nas remunerações e disse que vai tomar medidas para formar mais médicos, nem que seja preciso fazê-lo no estrangeiro.

Sugerir correcção
Ler 10 comentários