Silicon Valley: depois de uma década de festa, chegou a ressaca

Os tempos de investimento desenfreado parecem ter acabado em Silicon Valley, onde estão sediadas as maiores empresas de tecnologia do mundo e muitas startups. O patrão da Tesla diz ter um “muito mau pressentimento” sobre a economia dos EUA.

Foto
Sede da Apple em Cupertino, Califórnia Noah Berger/Reuters

Após uma década de opulência, em Silicon Valley as startups, os investidores de capital de risco e as empresas tecnológicas estabelecidas estão a cortar nos investimentos e a despedir trabalhadores, levando a que no mundo da tecnologia já haja quem abertamente preveja que os Estados Unidos estão a caminho de uma recessão.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários