Rabo de Peixe é mais do que um estigma e não quer estar na Netflix

O anúncio de que a plataforma de streaming está a produzir uma série inspirada no carregamento de cocaína que em 2001 deu à costa em São Miguel não caiu bem numa freguesia saturada de ser notícia pelos piores motivos. A comunidade receia que Rabo de Peixe contribua para reforçar a carga negativa associada à vila piscatória.

Foto
A comunidade receia que Rabo de Peixe, a série, contribua para reforçar a carga negativa associada à vila piscatória RUI SOARES

Rabo de Peixe, Açores. Carla Freitas circula numa das ruas estreitas de casas coloridas que desembocam no mar. Mora ali, sempre morou. Pergunta-se-lhe sobre a nova série da Netflix, que está a ser gravada a poucos metros do local, e a resposta surge imediata, como se estivesse pronta a ser debitada.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários