Mortalidade aumenta 26% em Junho. Covid-19 e calor são das principais causas, mas não explicam tudo

Óbitos por covid-19 não justificam cerca de 40% da mortalidade em excesso nas primeiras duas semanas de Junho. Especialistas referem o calor e impactos da covid-19 como outras possíveis explicações, mas avisam ser necessário estudar o que pode ter mudado.

Foto
Abril e Maio verificaram aumentos de 16,8% e 22,7% na mortalidade em comparação com a média de óbitos de 2009 a 2019 DANIEL ROCHA

A mortalidade nos primeiros 14 dias do mês de Junho está bem acima dos valores habituais anteriores à pandemia: de 2009 a 2019, foram registados, em média, 3652 óbitos entre 1 e 14 de Junho, uma média de 281 mortes por dia. Este ano, já se somam 4973 mortes, um ritmo de 355 por dia – um aumento de 26%. Em relação a 2021, a mortalidade na primeira quinzena de Junho aumentou 30%. O que explica esta ascensão nos números?

Sugerir correcção
Ler 18 comentários