“Oh céus, ela era SENSACIONAL”: o mundo internacional da arte lamenta a morte de Paula Rego

Os jornais britânicos recordam “uma das melhores artistas do Reino Unido”. É sobretudo do país onde a artista se radicou e viria a morrer, mas também de Espanha, que vêm surgindo as principais reacções internacionais à morte de Paula Rego.

Foto
Paula Rego morreu esta manhã em Londres, aos 87 anos PAULO PIMENTA

Até ao momento, as reacções à notícia da morte de Paula Rego por parte de museus internacionais têm surgido essencialmente via Twitter, aproveitando a ocasião para divulgar exposições que foram, ou estão a ser, dedicadas à artista portuguesa, bem como imagens de obras da pintora integradas nos acervos das respectivas instituições.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários