Nove milhões e quatrocentos mil euros...

A cidade de Nova Iorque vai indemnizar Shawn Williams pelos cerca de 24 anos de vida que passou atrás das grades, graças a um testemunho obtido fraudulentamente por um agente da autoridade.

Shawn Williams tinha 19 anos quando, noVerão de 1993, foi condenado pelo homicídio de Marvin Mason em Nova Iorque. Afirmou sempre a sua inocência, mas de nada lhe valeu: foi condenado a 25 anos de prisão. A única prova que o ligava ao crime era o depoimento de Margareth Smith que, apesar de estar à janela de um sexto andar e de estar escuro, afirmou tê-lo visto no local do homicídio com uma pistola à cintura.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários