Bancos estão cada vez mais limpos, mas inflação traz novos riscos

O aumento acentuado dos preços pode levar a que famílias e empresas enfrentem dificuldades para pagar os créditos, avisa o BCE.

Foto
BCE, liderado por Christine Lagarde, alerta para o impacto da inflação sobre a estabilidade financeira. EPA/Thomas Lohnes / POOL

A banca nacional continua a acompanhar a tendência europeia e tem o balanço cada vez mais limpo de créditos problemáticos. No primeiro trimestre deste ano, os maiores bancos em Portugal já tinham um rácio médio de crédito malparado inferior a 4%, valor que cai significativamente se se excluírem destas contas o Novo Banco e o Montepio, instituições que ainda apresentam valores muito acima da média. Mas as pressões inflacionistas poderão inverter este movimento, alerta o Banco Central Europeu (BCE), que admite que o aumento acentuado dos preços pode levar a que famílias e empresas enfrentem dificuldades para pagar os créditos, o que resultaria numa subida do incumprimento.

Sugerir correcção
Comentar