Crimes de tráfico de pessoas registados pelas polícias duplicaram em 2021 e atingiram o segundo valor mais elevado de sempre

Maioria das vítimas sinalizadas pelo Observatório de Tráfico de Seres Humanos foi, à semelhança de anos anteriores, para exploração laboral na agricultura. Évora e Beja foram as regiões com mais suspeitas. No ano passado, houve confirmação pelos órgãos de polícia criminal de seis vítimas de tráfico de pessoas, nenhuma delas crianças.

Foto
Em 2021 registaram-se 80 ocorrências mas o número de vítimas será muito maior Diogo Ventura

Os crimes de tráfico de pessoas registados pelas polícias em 2021 voltaram a duplicar, passando de 41 em 2020 para 80 em 2021. Este é o segundo número mais alto desde 2008, ano em que se iniciou o registo deste crime pelas estatísticas da Justiça. Em 2019, as polícias registaram 81 crimes, quando no ano anterior tinham sido 57. Aliás, à excepção de 2021 e de 2019, os restantes anos nunca tiveram mais do que 57 crimes registados. Um crime pode ter associadas várias vítimas, ou seja, a estes 80 crimes podem corresponder muito mais pessoas, mas as estatísticas não vão a esse detalhe.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários