A “terceira via” escolheu a sua candidata, mas os brasileiros mantêm a bipolaridade

A senadora Simone Tebet emergiu como a solução de compromisso entre os partidos que queriam escapar à inevitável disputa entre Bolsonaro e Lula para as eleições de Outubro.

Foto
Simone Tebet deverá ser a única mulher candidata às eleições presidenciais brasileiras deste ano ADRIANO MACHADO / Reuters

A pouco mais de quatro meses das eleições presidenciais brasileiras, as sondagens mostram que será cada vez mais certo que a disputa será protagonizada entre o ex-Presidente, Lula da Silva, e o actual chefe de Estado, Jair Bolsonaro, com uma vantagem assinalável para o primeiro. A definição da candidata da chamada “terceira via” não veio alterar as posições de forma significativa.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários