Senado dos EUA volta a falhar acordo sobre lei das armas

Senadores do Partido Republicano bloquearam a aprovação de uma proposta para reforçar o combate ao terrorismo doméstico nos EUA, com atenção aos supremacistas brancos. Grupo de senadores dos dois partidos vão tentar chegar a um compromisso até ao fim da próxima semana.

Foto
O senador democrata Chris Murphy (à esq.) está a tentar promover um acordo menos ambicioso com alguns senadores republicanos EPA/SHAWN THEW / POOL

O Senado dos Estados Unidos fracassou na sua primeira tentativa para reformar as leis das armas depois de um atirador ter matado 19 crianças e dois adultos numa escola primária no Texas, na terça-feira. Numa votação, na noite de quinta-feira, em que voltaram a ficar patentes as profundas divisões entre os dois maiores partidos norte-americanos, os senadores republicanos impediram a aprovação de uma proposta de lei para reforçar o combate ao terrorismo doméstico no país.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários