O que bebem os políticos? Do vinho da família ao Quinta do Noval Nacional, eis as escolhas dos líderes partidários

Falámos com os líderes partidários sobre as suas preferências no copo. Tal como a ideologia, também a forma de encarar os vinho e os gostos são muito distintos e para todas as bolsas. Eis as escolhas de Eurico Brilhante Dias, Paulo Mota Pinto, André Ventura, Catarina Martins, Jerónimo de Sousa, Cotrim de Figueiredo, Inês Sousa Real e Rui Tavares. Este sábado há Fugas Especial Vinhos.

Foto
Os vinhos que embalam a política Tiago Lopes

Não é nada fácil levar os líderes partidários e parlamentares a falarem sobre vinho: é mesmo preciso um saca-rolhas. A outra constatação é que preferem falar sobre o que esta bebida representa de tradições, recordações familiares ou de amizades do que acerca de marcas específicas. A excepção, provavelmente também por uma questão de ideologia, é o presidente da Iniciativa Liberal, João Cotrim de Figueiredo, que foi o único a cumprir (e até a exceder) o pedido que a Fugas fez a todos: indique-nos cinco vinhos preferidos ou que o tenham marcado e um de sonho.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários