Receitas para o desastre

Existem dois momentos no longuíssimo documentário de nove horas realizado por Claude Lanzmann sobre o extermínio dos judeus perpetrado pelos nazis – Shoah (lançado em 1985, mas iniciado mais de uma década antes) – que me parecem consubstanciar o alfa e o ómega da condição humana, incluindo todos os estados intermédios.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários