Candidato antiaborto não foi a primeira nem a segunda escolha da ala direita do Tribunal Constitucional

Advogado Miguel Nogueira de Brito era a primeira opção, mas houve um conselheiro que vetou nome do advogado. Se for eleito, Almeida Costa terá pela frente mandato que termina aos 76 anos.

Foto
Manifestação contra a possível eleição de António Almeida Costa para juiz do Tribunal Constitucional LUSA/MÁRIO CRUZ

O professor universitário António Manuel Almeida Costa, cuja indicação para juiz do Tribunal Constitucional está envolvida em polémica por causa das posições antiaborto que manifestou em 1984, não foi a primeira escolha dos juízes da ala direita da instituição, nem a segunda.

Sugerir correcção
Ler 16 comentários