E se a inteligência artificial ajudasse a prever o resultado das cirurgias em doentes com cancro da mama?

Projecto coordenado pela Fundação Champalimaud recebe cinco milhões de euros de um programa da Comissão Europeia. Esse trabalho está incluído nos cerca de 19,5 milhões de euros que Portugal recebeu em concursos do Programa Horizonte Saúde 2021.

Foto
Projecto está a tentar melhorar a previsão dos resultados das cirurgias em doentes com cancro da mama DR

Tentar ajudar a mulher a sentir-se melhor ao espelho depois de uma cirurgia mamária – este é o objectivo de um trabalho coordenado por Maria João Cardoso, da Unidade da Mama da Fundação Champalimaud, em Lisboa. Para isso, neste projecto denominado “Cinderela”, está a tentar melhorar a previsão dos resultados das cirurgias nessas doentes através da inteligência artificial. Agora, recebe cinco milhões de euros do Programa Horizonte Saúde 2021 da Comissão Europeia para o conseguir fazer, foi anunciado esta quarta-feira.

Sugerir correcção
Comentar