Só 10 funcionários públicos aceitaram ir trabalhar para o interior

Até ao momento, 330 trabalhadores manifestaram interesse em aderir ao programa, mas apenas 10 acabaram por se mudar para territórios do interior do país. Governo diz que resultados alcançados até agora “incentivam à análise, reflexão e definição de medidas a adoptar futuramente”.

Foto
Inês Ramires deixou a pasta da Educação e assumiu a secretaria de Estado da Administração Pública Rui Gaudêncio

Até meados de Maio, apenas 10 funcionários públicos foram trabalhar para concelhos do interior ao abrigo do “Programa de Incentivos à Fixação de Trabalhadores do Estado no Interior”, criado pelo anterior Governo para promover a fixação de pessoas em regiões menos populosas e favorecer a conciliação da vida profissional com a vida pessoal.

Sugerir correcção
Ler 47 comentários