Perguntas absurdas?

Muitas perguntas, que noutro contexto pareceriam óbvias, no quadro da actual não chegam a ser suprimidas porque nem se quer se fazem.

Quando a guerra de informação atinge as proporções que hoje tem, o público é condicionado para rejeitar o que quer que se afaste da narrativa que se pretende impor. Esta nunca é totalmente falsa nem totalmente verdadeira. O que a caracteriza é não querer ser questionada para poder mobilizar ao máximo as emoções de um público cativo. Muitas perguntas, que noutro contexto pareceriam óbvias, não chegam a ser suprimidas porque nem se quer se fazem. São perguntas absurdas. Imaginemos algumas.

Sugerir correcção
Ler 29 comentários