Marcelo pediu mais para a Defesa. Partidos entregaram 24 propostas

Em 1500 propostas de alteração ao Orçamento do Estado, apenas 24 se referem à área da Defesa. Uma parte prende-se com a valorização das carreiras, salários e pensões das Forças Armadas.

Foto
Os partidos apresentaram medidas para incluir no OE2022 na área da Defesa, liderada por Helena Carreiras LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

O Presidente da República pediu um reforço para a Defesa - uma área que ganhou centralidade com a guerra na Ucrânia - e o Governo assumiu a importância de aumentar a despesa com esta área, mas as sugestões para alterar o Orçamento do Estado (OE) para 2022 nesta área são uma gota no oceano face ao conjunto das 1500 propostas. Apenas 24 dizem respeito às forças militares, que neste orçamento têm as suas verbas reduzidas em 800 mil euros, e nenhuma delas é da bancada do PS que suporta o executivo no Parlamento.

Sugerir correcção
Comentar