Manuel Pinho, uma prisão ilegal

Possivelmente, Manuel Pinho ficará em prisão domiciliária nos próximos anos. Como seu advogado, fiz o que pude e devia. Agora, como cidadão, contribuindo para o escrutínio externo sem o qual a justiça não melhorará, exponho os factos para que a opinião pública saiba a que é que cada um de nós pode estar sujeito.

O processo da EDP está em investigação há dez anos. Manuel Pinho foi constituído arguido em 2017 e, desde então, compareceu perante as autoridades sempre que foi chamado (6 vezes). Não foi ainda acusado.

Sugerir correcção
Ler 32 comentários