Candidatos à liderança do PSD disponíveis para colaborar em nova lei dos metadados discutida em Junho

PS recua e diz-se disponível para trabalhar com o PSD. Pedido de fiscalização sucessiva ao TC já prometido por Marcelo pode atirar entrada em vigor para o fim do Verão — se o texto não tiver problemas.

Foto
Bloco Central tenciona encontrar solução para os metadados rui gaudencio

Os dois candidatos à liderança do PSD, Luís Montenegro e Jorge Moreira da Silva, mostram-se dispostos a colaborar na preparação da nova lei de conservação de metadados para contornar o chumbo do Tribunal Constitucional (TC) e felicitam a direcção da bancada social-democrata por já ter apresentado um projecto de lei sobre a matéria. O diploma vai ser debatido e votado no dia 3 de Junho e, depois de o ter criticado duramente quando o PSD o apresentou, “classificando-o até de “inconstitucional”, o líder parlamentar socialista Eurico Brilhante Dias deu nesta quarta-feira um passo atrás admitindo estar “mais do que disponível para trabalhar com o PSD nessa matéria”.

Sugerir correcção
Comentar