Uma revista da Palmilha Dentada que é um recap dos “anos covid”

A companhia Palmilha Dentada estreia esta sexta-feira Assim se Fazem as Coisas: Monumental Revista Antipopularuxos, no Teatro Carlos Alberto, no Porto, onde fica em cena até 5 de Junho.

comedia,teatro,culturaipsilon,parque-mayer,porto,25-abril,
Fotogaleria
Três primeiras récitas de "Assim se Fazem as Coisas: Monumental Revista Antipopularuxos" estão integradas na 45ª edição do FITEI, que termina no domingo tuna
comedia,teatro,culturaipsilon,parque-mayer,porto,25-abril,
Fotogaleria
Novo espectáculo da companhia portuense Palmilha Dentada faz um "recap" dos “anos covid” para nos pôr “a rir de e a relembrar” tuna
comedia,teatro,culturaipsilon,parque-mayer,porto,25-abril,
Fotogaleria
Há uma espécie de “catarse colectiva” a acontecer no Teatro Carlos Alberto, no Porto tuna
comedia,teatro,culturaipsilon,parque-mayer,porto,25-abril,
Fotogaleria
tuna

Vizinhos que não se suportam, mas que já não vivem uns sem os outros nos serões à janela durante o confinamento. A coronofóbica que corre tudo a desinfectante, até os bolinhos de areia que deixa à porta da vizinhança, duplamente protegida com máscara e viseira. O enfermeiro que recebe palmas e gritos de louvor, “viva o SNS!”, mas que só quer conseguir descansar. O senhor que atravessa uma Avenida da Liberdade totalmente deserta no “25 de Abril mais prisioneiro dos últimos 48 anos”, a carregar a bandeira de Portugal adornada de cravos. Os telejornais que nos bombardeiam com mil especialistas e mil informações contraditórias. O casal de namorados que se conheceu no Tinder — ela negacionista, ele hipocondríaco, mas a relação vai de vento em popa. Uma festa de despedida de solteiro via Zoom, mas ainda assim com direito a striptease. Um lar onde os velhinhos, com libido a mais e máscaras a menos, querem quebrar todas as regras.

Sugerir correcção
Comentar